Links do Mês #1


Número 1, para colecionadores. =D

Mês passado, ano novo, e eu estava me perguntando em como compartilhar com o pessoal que acompanha o Descafeinado os textos interessantes que leio ao longo dos dias sem usar o Facebook pra isso? Bom, porque não então uma seção nova?!

O compartilhamento de conteúdo é essencial em tempos tão interligados e talvez não depender do Facebook para isto seja mais fundamental, já que com seu algoritmo que "escolhe" e/ou decide por você o que é do seu interesse, eu creio que uma seção como essa seja muito importante para difundir o conteúdo que eu quero que chegue até você. Seja pra informar, seja pra recomendar o que você já leu, ou pra matar nossa curiosidade, essa seção é pra abrir sua mente e está aberta a sugestões sempre.

Vamos lá?



O grande sociólogo Zygmunt Bauman nos deixou em janeiro e sua definição de liquidez nas relações modernas é talvez o pensamento que melhor reúne as aflições humanas no mundo atual. Terminarmos ou começarmos? Tudo anda tão dificil...


Belo texto sobre o panorama do mercado de trabalho para você que espera que fevereiro traga empregos que janeiro e todo o resto de 2016 não trouxeram. Um mundo onde exatas e humanas se aproximam num lago interdisciplinar e multi-tarefa parece serem realmente o caminho, principalmente com a IA batendo, chutando e estraçalhando a porta. Os empregos minguarão e precisamos nos virar nos 30.


Olha a cobraaaa, é mentiraaa. Pois é, não sei o que é pior, um Governo que volta atrás por ouvir a voz da população ou aquele que é inflexível em suas decisões - bom, talvez o segundo, por não queremos voltar ao absolutismo. Mas o que quero dizer é que com essas decisões repensadas, para um Governo cair na piada é questão de segundos. O excelentíssimo ministro das cidades Jimmy Neutron Gilberto Kassab anunciou que as franquias de internet banda larga seriam inevitáveis, mas logo depois voltou atrás na sua decisão dando a melhor desculpa dos que não sabem o que dizem: "fui mal interpretado". 

Mas a questão central, além de que passamos por mais essa, é o pensamento atrasado do país em relação a tecnologia. Preocupante no mínimo.

"Da HBO só sai coisa boa"

O canal que é sinônimo de qualidade no que se diz respeito a séries lançou "Westworld" ano passado e simplesmente abriu um leque inimaginável de sensações. Transformando um filme dos anos 80 em algo muito maior, os roteiristas entregaram não só uma realidade distópica, mas uma jornada através do que nos define como ser. Na verdade, o que nós somos?


Um texto mostrando a riqueza que "Heroes" traz em sua letra, não só pelo lirismo em si, mas nas experiências vividas por Bowie na época de plena guerra fria e uma Alemanha dividida.

Essencial para fãs e admiradores do cantor!

"O Processo" de Franz Kafka é um dos melhores e mais complexos livros que já li, e infelizmente atual. Na vida às vezes nem fazemos ideia do que estamos fazendo e porque que estamos ali, mas nessa burocracia sem fim que Josef K. está metido, vemos um Estado negligente com as preocupações de seus cidadãos e somente interessados em aumentar cada vez mais seu poder.

Familiar, não?


Simples, uma bela reflexão sobre o que é o heroísmo, da sua complexidade, e da nossa visão sobre o que entendemos no que é ser um herói.


Somente quatro anos (pelo menos foi mais longo do que o segundo mandato da Dilma). A trajetória do Wii U foi curta; e era mais ou menos com essa idade, por exemplo, que o Playstation 2 começava a atingir a sua maturidade. Será maior adesão dos jogadores ao PC? Será uma demonstração de que os consoles não são mais sustentados somente por bons jogos? A verdade é que a Nintendo e nem ninguém não consegue mais se sustentar por si mesma apesar da sua rica biblioteca e elenco de personagens. Na verdade, o Wii U, uma ideia atabalhoada mas que teve bons jogos, estava fadado ao fim desde o início.


Sabia desse lance de filme de espionagem? Não? Nem eu.



Com os massacres que vimos pelos presídios ouvimos numerosos comentários comemorando a matança pois para a grande massa da população "bandido bom é bandido morto". Certo. Mas analisemos mais a fundo. Se os presídios são para ressocializar pessoas, porque então todos parecem um depósito de pessoas? Rousseau dizia: Ninguém nasce mau, a sociedade o corrompe" e num ambiente que bandidos e traficantes perigosos convivem com aqueles que só esperam julgamento, seja por roubar comida, não ter pagado pensão ou usuário de drogas, a sobrevivência depende de andar como os outros andam. Todos corrompidos.


Uma boa dose de criatividade e uma tonelada de truques e ilusões. Era uma delícia!


Um dos filmes mais espetaculares de todos os tempos, sem mais.


Estamos a um clique de distância de absolutamente tudo. Se a internet é capaz de aproximar pessoas e unir interesses em comum, ela é também capaz de afastar e causar a antipatia ao próximo. Com isso, se a voz do saber aumentou, as dos idiotas também. E ela é sempre mais ouvida.

Nesses tempos em que sempre queremos mais e nos queixamos de ter feito menos no final das contas, que tal só fazer o necessário?

Entre tantas coisas que eu penso, na verdade, não tem nada melhor na vida do que meus heróis, um bom rock n' roll, cerveja, fritas, e um bom papo com uma boa companhia.

Voltando
Next Post »
Comentários
0 Comentários
0 Comentários