Artista faz seu auto-retrato em efeito do LSD

quinta-feira, janeiro 14, 2016

O LSD (não confundir com LCD) é uma das mais potentes drogas lisérgicas alucinógenas conhecidas, se você nunca tomou (ou nem tem conhecimento disso) provavelmente deve ter ouvido falar muito dela quando você assistiu a algum documentário qualquer sobre o rock dos anos 60/70 ou do Woodstock. Pois é, aquela época o rock não se chamava de psicodélico à toa e não é à toa também que o rock progressivo foi inventado justamente nessa época. Pink Floyd, King Crimson, Emerson Lake and Palmer, The Doors... a lista é longa, e inclui o autor Aldous Huxley por exemplo, e se você já leu algum livro dele, já sacou logo de cara que aquela imaginação, vinha de um ácido daqueles, e Steve Jobs que considera suas experiências com o LSD como as mais inspiradora da sua vida.

Mas o que o LSD causa? Bom, a droga é tão poderosa que pode durar até 12 horas e um dos efeitos dela é a alteração na capacidade de percepção de sons, cores, tempo e espaço – sem contar os efeitos psicóticos e alucinógenos. É ácido amigo, isso é "brisa".


Por causa de seus efeitos, a droga foi muito usada em pesquisas, estudos e até psiquiatria e em psicoterapia testada em pacientes esquizofrênicos. Mas no caso desse post em especial, uma artista (que não sei o nome) resolveu colocar à prova os efeitos da droga desenhando seu auto-retrato durante vários períodos de tempo. O resultado é beeem curioso!

15 minutos depois de tomar LSD


45 minutos




1h45min


- Deixou crescer o cabelo? 
- Não, eu só me vejo de uma forma diferente. 
- Isso vai piorar

2h45min


Ainda bem que trouxe lápis de cor...

3h30min


Pra que desenhar os olhos? 

4h45min


Foda-se, eu sou violeta

6h


Essa é quando eu assumo a forma de demônio nas noites, saca?

6h45


Virei uma obra de arte do carnaval!

8h


8h45min


Cara, eu nem me vejo mais. Agora transcendi.

9h30min após ter tomado LSD


Eu não sou mais eu mesma...

Postado por André Prado
Estudante de publicidade, formado em nerdices em geral, pós graduado em Netflix, e phD em piadas idiotas. Gasto dinheiro em comida e com livros que não tenho tempo pra ler.

Você pode curtir também

0 comentários