Koopa ganha uma estrela!

Koopa ganha uma estrela!
Todos sabem como Mario funciona e como ele pula em cima de tartarugas e mais tartarugas, e como cogumelos e mais cogumelos que o fazem ver estrelas, e achar que é invencível. E como seria se o Koopa comesse uma estrelinha dessa de invencibilidade?


Como diria o comercial da Tortuguita: "Estúpida!"

É tudo do Barbalonga TV, inclusive esse post, lembram-se? Dá uma passada pelo canal deles!

O que se define por "patada"?


O preço de se dizer ser verdadeiro é sempre ter algum toureiro insatisfeito, que espera que uma amizade seje um eterno parabéns. Creio que esperar flores em uma conversa é um tipo de hipocrisia, afinal todos defendem como certo a sinceridade e a honestidade na amizade.

Gentilezas costumam passar pela educação e respeito, e respeito, passa pela sinceridade, e sinceridade é ser o que você é, tanto quanto nas palavras do que nas ações. Maquiar e perfumar as palavras não torna-te mais amigo e gentil que ninguém, apenas alguém que diz mais coisas... E dizer por dizer pra parecer legal, não é ser o que é. Ou você é ou não é.

"Há aqueles que tentam ser bons, aqueles que são bons e aqueles que desistem." (Dr. Gregory House)

Em face da teimosia vista em escutar algo que fere o ego, talvez seja melhor optar pela desistência. A grande sacada do ego é reconstruir-lo.

Morre o cara mais engraçado do mundo!

Morre o cara mais engraçado do mundo!

Cara, estou triste. E de luto de novo!

A Dona Morte resolveu trabalhar e bem nesse ano, só de cabeça lembro do Paul Gray (baixista do Slipknot), José Saramago, Steve Lee (vocalista do Gotthard), Ronnie James Dio - a morte mais sentida, e agora Leslie Nielsen, vulgo o cara mais engraçado do mundo na minha opinião e na de muitos, e talvez o cara mais engraçado da história da humanidade!

O canadense Leslie Nielsen morreu nesse domingo a tarde aos 84 anos (cara, eu pensava que ele tinha 84 no Corra Que a Policia Vem Aí) devido a complicações causadas pela pneumonia. Ele ficou famoso pelos papéis cômicos principalmente na trilogia clássica Corra que a Polícia Vem Aí - encarnando o saudoso tenente Frank Drebin, Apertem Os Cintos Que o Piloto Sumiu, Drácula, Morto Mas Feliz - junto com outro mestre do humor Mel Brooks, e recentemente participando dos Todo Mundo Em Pânico 3 e 4 - roubando toda a cena como presidente dos EUA.

Todos morrem, mas não tantos artistas queridos no mesmo ano. O que me faz pensar que como o mundo está acabando, a Morte resolveu começar pela cultura pop. Até que em 2012 não restará nada, a não ser sermos fãs, escutarmos bandas e vermos filmes de gente morta, gente do século passado que está imortalizado na cultura.

"Morto Mas Feliz". Um de seus filmes resumem bem o espírito do ator e como ele será lembrado por todos que gostam de seu humor genial e inocente, e de sua cara que dava vontade de rir. RIP.

Abaixo o vídeo com os melhores momentos da trilogia Corra Que a Polícia Vem Aí! xD

E quem diabos é Fiuk?

E quem diabos é Fiuk?
Texto retirado do ótimo blog do Walter Carrilho, visitem. Coisas assim estão lá escritas:

Isso, faz cara de rockstar vesgo pra rivalizar com o Luan Santana.


Monteiro Lobato dizia que “Um país é feito por homens e livros”. No caso do nosso país está faltando tanto uma coisa como outra. E aí? Vamos ser rebaixados da categoria, como Plutão?

Digo isso analisando os recentes lançamentos de biografias brasileiras:Geyse Arruda, Maurício Mattar e Fiuk. A biografia de Churchill tem 4 volumes com quase 1000 páginas cada. Parece muito, mas o cara ganhou a 2ِª Guerra. A vida de Geyse não encheria um panfleto. O que ela podia dar ao mundo já apareceu nas fotos da Sexy. Não dá para passar Photoshop na vida e no caráter, dá?

Os biógrafos daqui sofrem de ejaculação literária precoce. A melhor realização de Fiuk foi ter nascido dos testículos de Fábio Jr., o que, convenhamos, também não é lá essas coisas como história. Sim, ele já atuou em Malhação -por aqui isso quase equivale a ser ator Shakespeariano. Mas chamá-lo de "ator" seria um pouquinho demais.

Aliás, Fiuk prometeu entrar no Guiness com a “maior carta escrita por fãs do mundo”. Legal, vai ficar logo ao lado do maluco com a "maior barba de abelhas". Classe.

Precisamos explicar melhor o conceito de “Grandes realizações, grandes vidas”. Maurício diz que sua biografia fala sobre drogas, brigas e sobre o período em que dormiu na rua. Vou chamar o mendigo da esquina para contar a história dele. Vamos ver quem tem uma biografia mais hardcore?

Tirinhas da Semana (35)

Com um certo atraso chega a mais antiga seção do blog, as "Tirinhas da Semana" para alegrar seu fim de semana e comemorando a 700ª postagem do blog.

(Ê) o/

E falando do que vem acontecendo, nessa semana só se falou de uma coisa, a guerra do Rio ou... ah, nem sei o nome ao certo. Só sei que se um cara em coma acordar agora vai pensar que o Brasil tá em guerra com Hitler e seus führers a Alemanha, afinal, é no morro do alemão que acontece toda a "parada sinisssstra".

É engraçado ver o Datena falando, além de ele repetir por volta de 35 vezes "essa é a grande verdade" ao final de cada raciocinio, o programa dele repete tantas vezes a mesma imagem que o programa deve ser um gif animado - essa é a grande verdade.









Wulffmorgenthaler





O maior fracasso da humanidade

O maior fracasso da humanidade

O ato de abdicar de uma decisão nossa e apenas nossa, aceitar o fato inevitável e saber disso tanto quanto espera por causa de sua razão, e sentimentos calados pelos sintomas. Porém, apesar do fato que próprio consumou, é necessário criar algum tipo de esperança vaga de um futuro melhor, um propósito além para sua vida - talvez nefasta - porque deixou de fazer muita coisa e se arrepende. Tudo fugindo de sua responsabilidade de criar seu próprio destino, duro em vida, duro na morte.

Ato de creditar suas conquistas a algo além d'ele mesmo em favor de uma esperança de propósito - um círculo vicioso. Abdicar de seu restante livre arbítrio de uma liberdade enganosa e vaga. Creditando seu amadurecimento construído em cada decisão por menos importante que seja, logo, construindo suas conquistas e vida melhor em favor de uma crença em qualquer coisa e sentimento, que amanhã, o mesmo se esquecerá diante da alegria da sua própria conquista egoísta.

O maior fracasso de qualquer crença é sua hipocrisia de admitir que sua crença seja tão evoluída a ponto de si própria ser questionada por seres de dentro e fora dela, entretanto, não a ponto de ser discutida na prática. Melhor ou pior? Sempre a melhor, e defendida com unhas e dentes, assim, estragada pelo homem. Que deixa apenas de filosofar, mas defender uma verdade absoluta, aquela que se chama Deus.

Caminhos da vida são tortuosos porque a própria vida é feita de escolhas, e nós mesmo a deixamos cada vez mais tortuosa. O homem só será, quando se "deixar levar" por ele mesmo, só será, quando assumir suas responsabilidades como homem que ele é.

O maior fracasso da humanidade não é acreditar em algo. Mas deixar de duvidar de tudo.

A despedida de um Beatle


Devo dizer que não sou fã de Beatles, aliás mal gosto. "Não pego pra escutar". E é simplismente isso, não gosto, mas não repudio. Assim como vários outros estilos de rock, BritPop por exemplo.

Toda essa informação inútil que poderá desencadear xingamentos e repúdio contra a minha pessoa, foram inspirados pela passagem do ex-Beatle o falso Paul McCartney pelo Brasil e o show que ele fez ontem em São Paulo, e fará hoje de novo, os prometidos serem os ultimos shows em terras brasileiras.

Show que devo dizer que foi muito legal pelo pedaço de meia hora que vi na Globo, onde mais uma vez foi provado que "Live and Let Die" com certeza não se torna menos épica e fodona sem a voz esganiçada e Axila Rosa, e aonde pode-se dizer mais uma vez que "Helter Skelter" foi a base do Heavy Metal antes do Black Sabbath, por que não? E "Yesterday" (além de ser a melhor música do Guns) é a música mais fofa da história das baladinhas com isqueiros acesos. Mesmo não sendo fã de Beatles com certeza comprarei o dvd bootleg do show que deve estar voando por aí desde hoje.

Boa música é boa música, isso é inquestionável. Tanto que eu não sendo fá de Beatles, é impossível não ficar hipnotizado pelo talento e criatividade de suas música e do Sir Paul. Ao ver Paul dando tchau foi inevitável o aperto no coração de voltar a realidade de bandas extremamente irrelevantes com música que não diz nada além de amor fútil adolescente, perfeitas pra tocar na rádio e na tv.

Ele ao lado de tantos outros representa a era da música, velhos músicos que morrerão um a um. Sobre isso, vislumbro um tempo onde só usarei camisetas de bandas mortas, isso é terrível.

Tenho saudades do tempo que não era nascido, não porque eu sou um emo extremamente depressivo e destrutivo de ursinhos de pelúcia e culpo Deus por ter nascido. Mas do tempo em que a Globo passava shows ao vivo ou no mínimo na íntegra sem se importar com sua pobre grade de programação. Tempos em que ela se importava com o produto histórico que o show proporcionava - Queen, Madonna, o Rock In Rio que o digam - ou tempos mais recentes que ela não impedia emissoras concorrentes de transmitir o show, a MTV que o diga com o U2 em 1998.

É a triste decepção para quem não pode ir no show, para quem queria apenas ver e escutar uma boa música como eu, e talvez para aquele que tem a chance de gostar daquilo que está vendo e escutando. Ah... não é assim. Veja, "A Fazenda 2" ganhou do show ontem no Ibope.

"Alienação, nos vemos por aqui"

Mensagens subliminares nos games da Nintendo

Mensagens subliminares nos games da Nintendo
Não façam piadinhas que é por causa do dia da Consciência Negra.


Maldito. Violência contra os filhos dá prisão!


Primeiro sendo perseguida por fantasmas no beco, o que indica uso de alucinógenos - todos sabem que fantasmas não existem. E depois revela-se o distúrbio psicológico de estar se travestindo todos os dias - insegurança de sua masculinidade, quer dizer, não sabe se dá. É ai o porque que programas de sexo na MTV fazem sucesso!


Esse Luigi pra mim nunca enganou, é do tipo que tem a coleção de Playboy colada no banheiro!

FUUUU!

Estou fudido da vida, e com "U" mesmo, seje lá como for. Hoje em forma especial mesmo que o dia tenha sido bom. Resultado, coleção de FU's e suas evoluções!







Me sinto como aquela estrelinha na bandeira do Brasil...

O que passa pelos meus fones #3 - Travis Barker

O que passa pelos meus fones #3 - Travis Barker
E hoje tem algo bem peculiar. Falar que um baterista lançou um cd solo é extremamente estranho e continuará a ser na minha mente mesmo depois desse post.

Sabia que Travis Barker, sim, aquele mesmo baterista daquela bandinha bem mais ou menos chamada Blink 182 e único integrante realmente candidato ao troféu joinha da banda, lançou um cd solo? O glorioso... hm... GIVETHEDRUMMERSOME (nome ruim não?). No caso desse clipe, a participação especial é do Tom Morello (que nem preciso dizer que é) e dos rappers, Raekwon do Wu-Tang Clan e RZA (alguém tem que cantar). Enfim, a motivação foi essa notícia que você pode ver aqui, e olha que achei a música bem legal?! Não sei vocês, mas valeu a pena ter dado o play lá. Agora recomendo vocês a darem o play aqui!


A melhor parte com certeza é a guitarra do Tom Morello!

Devolução de Brinquedo Fabricado no Brasil

Devolução de Brinquedo Fabricado no Brasil
O nosso "querido e folclórico" presidente está dando adeus. Aqui vai uma homenagem.


O fabricante do brinquedo 'Lula de Pelúcia' está fazendo um recall para troca ou devolução do dinheiro devido a uma série de falhas de fabricação listadas abaixo:

1) Falta um dedo
2) Tem a fala presa
3) É mentiroso
4) Só diz 'Eu não sabia'
5) Não tem cérebro
6) Não pára em casa! Só quer viajar para o exterior
7) Só anda em má companhia, com dois outros bonecos encrenqueiros , o 'Evo de Coca' e o 'Chavez de Petróleo'
8) Não existe na versão movido a pilha, só na movido a álcool.
9) Pode ser adquirido facilmente com utilização de Cartão Corporativo
10) A boneca que faz par não presta para nada.

Você sabe o que fazer com seu lixo eletrônico?

Você sabe o que fazer com seu lixo eletrônico?

Computadores, câmeras, máquinas fotográficas, notebooks, equipamentos que perderam a utilidade para seus donos. No galpão, na USP, a Universidade de São Paulo, esse material que poderia virar lixo eletrônico ganha novos usos, evitando que metais pesados e mesmo metais preciosos sejam jogados em aterros sanitários, contaminando o meio-ambiente.

No início do projeto, a previsão era receber entre 500 e 1000 equipamentos por mês. Mas os resultados deste primeiro ano surpreenderam... Quem não tem um eletrônico velho, encostado em algum lugar ou esquecido em alguma gaveta?

"Nós esperávamos coletar por volta de 500 computadores ao mês, que daria por volta de 5 toneladas em média e nós estamos chegando por volta de 10 toneladas por mês", conta a profª. Tereza Cristina, coordenadora do Cedir.

Na primeira fase do projeto, essa estação só recebia o lixo eletrônico gerado pela própria USP. Agora, todo mundo pode usar o serviço. Quem quiser entregar seus equipamentos usados para reciclagem precisar agendar um horário. Uma vez aqui, o material passa por uma triagem para avaliação. É nesta fase que é dado o veredito final: vira sucata ou não?! Se não houver mais salvação, o equipamento é inteirinho desmontado, separado por tipo de material e, por fim, encaminhado para a reciclagem.

Os computadores mais velhinhos, com processadores abaixo dos Pentium 4, por exemplo, viram sucata na hora. Já os mais "novos", passam por uma rápida manutenção, ganham softwares atualizados e depois são emprestados para projetos sociais por um período de aproximadamente dois anos.

"Vamos supor que eles [os computadores] tenham dois ou três anos de vida. Depois disso, se jogar as máquinas no lixão ainda teremos problemas de contaminação do meio ambiente. Então, a ideia é fazer os usuários devolverem e se a gente tiver outro computador bom, a gente faz uma troca", explica Tereza.

Alguns equipamentos são muito velhos, tão velhos que, em vez de serem reciclados, viram peça de museu. Por enquanto, eles estão aqui, separadinhos, à espera do museu de informática sair do papel.

"É uma iniciativa da diretoria da escola Politécnica, montar um museu que possa trazer um pouco da história da computação e da telefonia", finaliza.

E então, tem algum equipamento velhinho em casa e não sabe o que fazer?! Agende a entrega do seu lixo eletrônico por meio do Help Desk, pelos telefones (11) 3091-6454, 3091-6455 ou 3091-6456. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h00 às 18h00 ou pelo e-mail consulta@usp.br.

Felicidade. Agora você terá esse direito!

Felicidade. Agora você terá esse direito!

Pelo título parece que será um texto reflexivo, queria eu que fosse. Isso tá mais pra filme açucarado cheio de lições morais da vida, e ah, com um cachorro!

Enfim, a partir do último dia 10 foi aprovada pela Comissão de Constituição, Justiça e Cidadania (CCJ) do Senado a "PEC da felicidade". A busca da felicidade poderá ser um dos conceitos básicos na emenda da Constutuíção junto com transporte, educação, saneamento, saúde. Ideia do ilustríssimo e radiante do Senador feliz Cristovam Buarque.

Caso seje aprovada no plenário do Senado, e pela Câmara dos Deputados, o artigo 6º da Constituição Federal passaria a ser o seguinte, preste atenção:

"São direitos sociais, essenciais à busca da felicidade, a educação, a saúde, a alimentação, o trabalho, a moradia, o lazer, a segurança, a previdência social, a proteção à maternidade e à infância, a assistência aos desamparados". 

O objetivo, segundo Buarque, seria o de "carimbar no imaginário da sociedade a importância da dignidade humana". 

Carimbar o quê?

Agora eu me pergunto. Para quê tudo isso? Eu acho que qualquer ser que tenha lido, não lido ou até queimado a Constituição em um movimento anarquista ou para se proteger do frio, tem a automática dedução e sentimento de satisfação que, ao serem cumpridas pelo governo os conceitos básicos a nossa existência, não é necessário de forma nenhuma uma filosofia em cima de um sentimento tão abstrato para concluir um páragrafo.

Resumindo é: "Tendo os direitos básicos atendidos o cidadão tem direito a buscar a felicidade". 

Eu com todos os direitos básicos atendidos eu já me proclamarei feliz, sem contar que muitos ficam felizes por muito menos e muito pouco com nem metade desse direitos atendidos, já que no Brasil isso é uma vitória feita de cocô. Então concluo que, para que tudo isso?. Voltamos ao mesmo ponto sem dizer nada não é? Talvez porque não há nada a dizer de algo tão ínfimo.

Eu acho que um cara que é Senador assumidamente voltado a educação deveria resolver essas "buchas" do ENEM em vez de se esforçar pra ter essa emenda aprovada. Aliás eu nem fiz ENEM, e nunca me senti tão "epic win" na minha vida!

Eu suspeito piamente que esse projeto já tenha sido influência do boné do Tiririca solto pelo plenário...

Bom, já que agora felicidade é um direito meu posso exigir certas coisas:

"Agora meu holerite virá com "RISOS" no começo?"

"Pela ironia, Deputados serão levados a sério?"

"Ganharei dinheiro e mulher sem saber como?"

"Estou puto da vida, o Estado me indeniza?"

"Dia do Palhaço será feriado também?"

Pensamento chinês

Pensamento chinês
E do século!

Uma mulher pergunta a um mestre chinês:

- Mestre, por que um homem que faz sexo com várias mulheres é chamado de campeão e uma mulher que faz sexo com vários homens é chamada de vagabunda?

E o mestre responde:

- Filha…Veja bem, uma chave que abre várias fechaduras é uma chave-mestra. Já uma fechadura que abre com qualquer chave, não serve para nada.

(...)

Epic win!



Palavras


Palavras confortam, palavras são boas. Palavras escritas são prazerosas até mais do que as faladas, o olhar próximo parece que só complementa. O que vale mesmo são as palavras.

Palavras que escrevo e as palavras dirigidas a nós de certas pessoas, daquela certa pessoa, elas parecem que nos encantam assim como num livro. É prazeroso ler.

As palavras usadas da forma correta num debate ou mesmo que numa simples brincadeira tornando sorrisos uma forma de poesia, aquelas que tornam um abraço apenas um complemento de um sonho próximo ou distante.

É fácil gostar, é válido dar razão a aqueles que não se arriscam nesse mundo, afinal, realmente é fácil gostar.

Continuar a pensar na vida é um convite a insanidade momentânea.

Homenagem a Carl Sagan

Homenagem a Carl Sagan

Carl Sagan dedicou-se à pesquisa e à divulgação da astronomia, como também ao estudo da chamada exobiologia. E teve um papel significativo desde o começo da busca do homem a conquista da Lua. Morreu aos 62 anos, de câncer, depois de uma batalha de dois anos com uma rara e grave doença namedula óssea (mielodisplasia). Hoje dia 9 de novembro é seu aniversário, ele faria 76 anos.

Sagan foi autor de grandes obras como Cosmos (que foi transformada em uma premiada série de televisão), Os Dragões do Éden (pelo qual recebeu o prêmio Pulitzer de Literatura), O Romance da Ciência e Pálido Ponto Azul, entre outros.

Sagan foi um grande homem, visionário. E para homenageá-lo, tanto quanto mostrar essa grande visão e sentimento a quem não o conhece, um vídeo do Pálido Ponto Azul, texto narrado por ele próprio.